Imprimir

Escritórios doentes - [Pag 11 - Ed 55]

A rapidez que encanta o cliente na produção do projeto tende a ser a mais perversa das armadilhas

Por Edo Rocha*

O que são os escritórios doentes? São espaços corporativos que prejudicam a saúde e a produtividade das pessoas que ali trabalham. Em geral, quando falamos em escritórios doentes a imagem que vem imediatamente à cabeça é de ambientes feios, antigos, cheios de problemas visíveis. É claro que existem espaços assim funcionando até hoje.

Porém, a própria situação explícita de descuido permite detectar os problemas. As pessoas que trabalham ali, mesmo que leigas, percebem claramente que estão em um local impróprio para o cumprimento de suas tarefas diárias. No entanto, encontramos escritórios doentes em várias empresas onde nem se imagina que o problema esteja instalado. Ambientes bonitos e bem decorados escondem riscos graves à saúde, que podem acarretar prejuízos físicos e baixa produtividade.

Em muitas situações, avalia-se o trabalho do um arquiteto, antes da contratação do escritório, pela beleza da planta ou pela da apresentação do projeto. Trabalhos de arquitetura de interiores realizados de forma quase que industrial e sem grande profundidade escondem erros que só serão percebidos depois que a obra já está concluída e as reclamações começarem a chegar ao RH das empresas.

Escritórios doentes em geral nascem de projetos doentes. Muitos deles encobertos por belas apresentações. A rapidez que encanta o cliente na produção do projeto tende a ser a mais perversa das armadilhas. Afinal, depois que o problema é detectado já é tarde demais. Correções custam muito dinheiro e o tempo ganho (poucos dias, diga-se de passagem) no início do processo pode se transformar em um problema permanente.

(*) Edo Rocha é arquiteto, urbanista e artista plástico. Formado há 40 anos pela FAU-USP. É diretor-presidente da Edo Rocha Arquiteturas. Autor dos projetos da nova sede da Petrobrás (RJ), estádio do Palmeiras (SP), sede da Vivo (SP e RJ), Rede Globo (SP), RecNov (RJ), Santander (SP), WT Nações Unidas – Accor (SP), Unilever (SP), entre outros.

Add a comment

ALERJ

Our website is protected by DMC Firewall!