Imprimir

Cerca de 1,3 bilhão de toneladas de comida são perdidas ou desperdiçadas no mundo, diz ONU

. Acessos: 369

Por Heloisa Cristaldo
Repórter da Agência Brasil

Cerca de 1,3 bilhão de toneladas de comida produzidas mundialmente são perdidas ou desperdiçadas, segundo estudo produzido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) apresentado em 05/07. A publicação Reduzindo a Perda e Desperdício de Alimentos destaca ainda que o mundo vai precisar de cerca de 60 % mais de alimentos em 2050, em comparação com 2006.

 

O impacto do desperdício de comida, segundo o estudo, não é apenas financeiro. “Ao se tratar do meio ambiente, o desperdício de alimentos significa também o uso em vão de produtos químicos, como fertilizantes e pesticidas, bem como mais combustível usado para o transporte. Além disso, mais alimentos estragados resultam em maior emissão de metano — um dos gases de efeito estufa que mais contribuem para a mudança do clima”, informa a publicação.

“Isto é uma ofensa a todos os que têm fome, mas também representa um custo enorme para o meio ambiente em termos de energia, terra e água”, disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, em mensagem para o lançamento da campanha “Pensar. Comer. Conservar – Diga não ao desperdício”.

Para Ban Ki-Moon, com o aumento da população mundial não precisa necessariamente aumentar o número de pessoas com fome. “As infraestruturas e a tecnologia podem reduzir a quantidade de alimentos que se estragam após a colheita e antes de chegarem ao mercado. Os governos dos países podem trabalhar para melhorar a infraestrutura essencial e maximizar as oportunidades de comércio com os países vizinhos”.

 

Fonte: Agência Brasil

{fcomment id = 112}

Você é registrado? Efetue login no menu a direita ou Clique aqui...

ALERJ

Our website is protected by DMC Firewall!