Imprimir

Marajó, Barreira do Mar

. Acessos: 614

O Selo editorial Série ecossistemas Brasileiros busca parceirospatrocinadores para os livros e dvds sobre Marajó e pampa, criados pelo fotógrafo e analista ambiental do iCMbio, Miguel von behr. já foram publicados jalapão, quixadá e Costa dos Corais

nA foz do rio AMAzonAS, eStAdo do pArá, MArAjó é o MAior ArquipélAgo flúvio-MArítiMo do plAnetA. CoM relevo totAlMente plAno, SuA pArte orientAl é forMAdA por CAMpoS e pAStAgenS nAturAiS, MetAde do Ano nA águA, MetAde do Ano nA SeCA. A outra porção ocidental, a oeste, é formada por igapós e florestas. No Marajó, o clima é sempre quente com duas estações bem definidas: uma seca (maio a novembro) chamada pelos marajoaras de verão; e, outra, de muita chuva (dezembro a abril) chamada de inverno.

Com o maior rebanho de búfalos da América, dança do carimbó e uma rica cerâmica originária da civilização marajoara de 3.500 anos, Marajó é uma das mais pitorescas, exóticas e misteriosas paisagens brasileiras. Totalmente dominado pela água, o arquipélago é entrecortado por rios, igarapés e igapós, formando um denso labirinto aquático. O ecossistema é frágil e em constante processo de erosão, tanto pelos sedimentos que descem pelo rio Amazonas e aumentam o tamanho do arquipélago para o lado oeste, como pela força do oceano que erodi a costa do Marajó voltada para o mar.

A obra destaca o apogeu e decadência da civilização marajoara. A introdução da pecuária nos campos marajoaras, no final do Século XVI e dos búfalos, no final do século XIX. A ocupação do branco na floresta marajoara pela exploração da borracha no final do século XIX. Os dezesseis municípios do arquipélago e o turismo nas fazendas marajoaras.

Quanto a cultura, aborda o artesanato, resgate da cerâmica marajoara – símbolo cultural, lendas marajoaras, festas religiosas, festivais de camarão e açaí, dança do carimbó. A luta marajoara e as competições esportivas exclusivas do Marajó. A culinária. O maior rebanho de búfalos da América. O cavalo marajoara. O vaqueiro. Pescadores e aparelhos de pesca.

Descreve as principais iniciativas de conservação dos ecossistemas marajoaras: Reserva Extrativista Marinha de Soure, Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) de Itatupã-Baquiá, Reserva Extrativista Gurupá-Melgaço, Reserva Extrativista Mapuá, Reserva Extrativista Terra Grande-Pracuúba, Área de Proteção Ambiental do Arquipélago do Marajó, Reserva Ecológica Municipal da Mata do Bacurizal e Lago do Caraparu, além do POEMA-Programa Pobreza e Meio Ambiente na Amazônia, Projeto Gurupá. Fase-Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional e o Projeto Tamar – Afuá.

MAIS INFORMAÇÕES

444Livro “COSTA DOS CORAIS” é lançado em tubarão-SC

o livro “COSTA DE CORAIS”, da Série Ecossistemas Brasileiros, de Miguel Von Behr foi lAnçAdo diA 6 de junho, eM tubArão (SC). O lançamento ocorreu durante o Happy Hour Cultural, no Centro Municipal de Cultura – Museu Willy Zumblick à noite. O evento fez parte da programação da Semana Municipal de Meio Ambiente.

Miguel contou aos presentes ao evento como foram feitas as pesquisas para este livro e os outros que compõem a série Ecossistemas Brasileiros. Ao todo são sete livros, outros dois ainda serão lançados. Ele também apresentou um documentário a respeito da Costa dos Corais, no nordeste do país e autografou os livros.

Quem visitou o Centro Municipal de Cultura pode também ver as exposições de fotografias do Rio Tubarão, da Fundação Municipal de Meio Ambiente, a mostra de fotos antigas do acervo do historiador Amadio Vettoretti e ainda as poesias dos alunos da rede municipal que participaram do projeto “Poesia em Movimento: uma declaração de amor a Tubarão”.

O evento contou com a presença de Renata Porto, Coordenadora de Meio Ambiente da Fundação de Meio Ambiente de Tubarão, Lilian Guedes, Diretora do Museu Willi Zumblick, Prefeito Olávio Francheti e Guilherme Bressan, Secretário Municipal de Meio Ambiente.

A noite contou ainda com a apresentação dos músicos Gabriel da Dete e de Zéh Rocha. Na próxima semana, o Happy Hour sai do museu e vai para o bairro Santo Antônio de Pádua, e faz parte das comemorações da Festa de Santo Antônio, padroeiro do bairro.

ALERJ

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd