Imprimir

SOS Mata Atlântica lança série de livros

. Acessos: 670

143Dois primeiros volumes – 25 anos de mobilização e O azul da Mata Atlântica – já estão disponíveis em livrarias e na loja virtual da fundação

A fundAção sos mAtA AtlÂnticA AcAbA de lAnçAr os dois primeiros volumes da “série sos Mata AtlânticA”, conjunto de quAtro obrAs que tÊm o objetivo de contribuir pArA A evolução do movimento socioAmbientAl e inspirAr A criAção de novAs iniciAtivAs por outrAs orgAnizAções. As publicações contam com o patrocínio de Bradesco Capitalização e Bradesco Cartões. Marcia Hirota, diretora de Gestão do Conhecimento da Fundação SOS Mata Atlântica, explica que a proposta da série vai muito além de contar a história da organização e de seus projetos. “Apresentamos nossas ações, mas destacamos como a SOS Mata Atlântica atua com seus parceiros no desenvolvimento institucional, nos projetos, nas campanhas e nas mobilizações.

Com muita transparência, contamos o que deu certo e o que deu errado, sempre com o objetivo de inspirar, engajar e contribuir para o futuro do movimento socioambiental e do terceiro setor”. O primeiro volume, intitulado “25 anos de mobilização”, escrito pela bióloga Erika Guimarães e pela jornalista Maura Campanili, comemora os primeiros 25 anos da SOS Mata Atlântica, completados em 2011, e apresenta a história da Fundação como um exemplo a outras organizações não governamentais que querem mobilizar, representar a sociedade e também contribuir com a construção da cidadania. “Destacamos no livro nossa opção por trabalhar por meio de parcerias e alianças, buscando a conscientização e a mobilização das pessoas, sem esquecer que, sem uma gestão efi ciente, uma organização não sobrevive”, ressalta Marcia Hirota.

O segundo volume da série traz como tema as zonas Costeira e Marinha, com histórias bem sucedidas da Fundação SOS Mata Atlântica na mobilização em prol do litoral e dos ambientes costeiros do Brasil. Escrito pela jornalista Andrea Vialli, o livro “O azul da Mata Atlântica” apresenta também um ensaio fotográfi co, feito por Luciano Candisani, com belas imagens da Reserva Biológica do Atol das Rocas.

A jornalista explica também que, apesar de sua extensão, apenas 1,5% da costa é protegida legalmente. “Espero que o livro possa trazer um impacto para alavancar novas iniciativas de proteção costeira e marinha e políticas públicas, além da criação de uma Frente Parlamentar para o mar”, conclui Andrea.


{fcomment id = 143}

ALERJ

DMC Firewall is a Joomla Security extension!