Imprimir

Eike Arrependido

. Acessos: 621

129Eike Batista se diz arrependido de ter aberto capital de suas empresas

O empresário Eike Batista afirmou em artigo publicado em 19/07/2013 por diferentes jornais que está arrependido de ter aberto o capital de suas empresas no mercado antes de têlas consolidado. ‘Se pudesse voltar no tempo, não teria recorrido ao mercado de ações’, afirmou Batista, até há algum tempo considerado o sétimo homem mais rico do mundo, mas que agora não figura nem entre as maiores fortunas brasileiras. Os recursos do empresário vêm virando fumaça por causa da forte queda das ações de suas empresas no mercado, provocada por uma crise de credibilidade em torno do conglomerado EBX e pelos decepcionantes resultados da companhia petrolífera OGX. A acelerada venda dos papéis da OGX também afetou a cotação de suas coligadas, como a empresa de logística LLX, a mineradora MMX e a elétrica MPX. Eike considerou que, em vez de lançar ações dessas empresas no mercado, deveria ter criado um fundo privado de participações que lhe permitisse montar a partir do zero e desenvolver cada companhia por pelo menos dez anos.

‘E todas permaneceriam fechadas até que tivesse certeza que tinha chegado o momento de abrir o capital’, afirmou. O empresário negou que tenha sido um aventureiro quando lançou suas companhias no mercado ou que tivesse oferecido aos investidores empresas com resultados inflados ou ativos
inexistentes. Eike assegurou que, quando lançou ações de suas empresas na bolsa, tinha uma trajetória de 30 anos de trabalho com ‘desafios superados, êxito e uma capacidade comprovada de cumprir compromissos’. O empresário
atribuiu a elevada expectativa que existia em torno da OGX – empresa cujo capital foi aberto quando ainda não produzia petróleo e apenas possuía algumas concessões – às previsões realizados por empresas independentes. ‘Eu estava extasiado com as informações que me chegavam (sobre o potencial das reservas e de produção da empresa). Por acaso eu podia esconder isso?’, se perguntou. ‘Eu perdi e estou perdendo bilhões de dólares com a OGX.

Alguém que deseje enganar ao próximo o faria ao custo de tantos bilhões?’, acrescentou Eike, ao esclarecer que, como acionista controlador, é quem mais perdeu com a queda da cotação da empresa. O empresário assegurou que a desvalorização dos papéis de suas outras empresas é incompatível com o potencial das mesmas. Eike também rejeitou as informações de algumas importantes publicações sobre economia do mundo que consideram que seu império chegou ao fim e que o empresário terá que se aposentar. ‘Só posso dizer que me vejo muito longe desse Eike aposentado’, concluiu.


Fonte EFE.

{fcomment id = 130}

Você é registrado? Efetue login no menu a direita ou Clique aqui...

ALERJ

Our website is protected by DMC Firewall!