Imprimir

Presos do AM cultivam próprios alimentos em horta (e ganham redução de pena)

. Acessos: 166

Presos do AM cultivam próprios alimentos em horta (e ganham redução de pena)

“Plantando a Liberdade.” Assim foi batizado o projeto implantado na Unidade Prisional de Itacoatiara, no Amazonas, que prevê que os próprios presos cultivem parte dos alimentos que consomem no presídio. Para isso, 10 canteiros foram instalados no local e voilà! Nasceu a primeira horta orgânica do Estado mantida por detentos.

Pepino, alface, tomate e couve estão entre os alimentos plantados no local, com a ajuda da equipe do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas, que ofereceu capacitação aos presos. Por enquanto, 12 detentos cuidam da horta, em sistema de revezamento: todos os dias, das 13h às 17h, dois deles regam e limpam o espaço.

A ideia é oferecer alimentação saudável aos mais de 200 presos que vivem na Unidade Prisional de Itacoatiara, diminuir seu tempo ocioso, ensinar um ofício e, de quebra, diminuir os gastos do governo com a compra de alimentos para as refeições. Os detentos que trabalham na horta e apresentam bom comportamento ainda ganham redução de pena.

Modesta, a horta do presídio está fazendo sucesso e deve crescer em breve. Segundo o secretário de Administração Penitenciária do Amazonas, Pedro Florencio, a iniciativa pode, inclusive, ser replicada em outros presídios do Estado. Que vire moda no Brasil!

Foto: Divulgação/Secretaria de Estado de Administração Penitenciária

Fonte: The Green Post.

ALERJ

Our website is protected by DMC Firewall!