Imprimir

Erradicar a fome no mundo até 2030 custa 160 dólares anuais por pessoa

. Acessos: 467

Erradicar a fome no mundo até 2030 custa 160 dólares anuais por pessoa

Novo estudo observa que, apesar dos progressos nas últimas décadas, cerca de 800 milhões de pessoas não têm comida suficiente. No total, seriam necessários 267 bilhões de dólares para acabar com a fome.

Erradicar a fome de forma sustentável até 2030 exigirá cerca de 267 bilhões de dólares por ano para investimentos em áreas rurais e urbanas e em proteção social. Este valor possibilita mais oferta de alimentos aos pobres, melhorias em seus meios de subsistência e desenvolvimento rural e agrário, de acordo com um novo relatório das Nações Unidas. Isso representa 160 dólares por ano por pessoa vivendo em extrema pobreza, por um período de 15 anos.

O estudo, conduzido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e o Programa Mundial de Alimentos (PMA), foi apresentado nesta sexta-feira (10), em Roma. O documento observa que, apesar dos progressos nas últimas décadas, ainda hoje cerca de 800 milhões de pessoas, a maioria em zonas rurais, não têm comida suficiente.

A eliminação da desnutrição crônica em 2030 é um elemento chave de um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da nova agenda pós-2015 que serão adotados pela comunidade internacional no final deste ano. E é também o foco do Desafio Fome Zero, patrocinado pelo secretário-geral da ONU.

“A mensagem do relatório é clara: se adotarmos o mesmo enfoque usado até o momento, em 2030 teríamos mais de 650 milhões de pessoas sofrendo com a fome. Por isso defendemos uma abordagem que combina a proteção social, com investimentos adicionais específicos no desenvolvimento rural, a agricultura e as zonas urbanas que beneficiem principalmente os pobres”, disse o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva.


Fonte: ONU.

ALERJ

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd