Imprimir

Filtros de barro são os mais eficientes na retenção de impurezas

. Acessos: 306

921

Os tradicionais filtros de barro perderam muito espaço nas casas brasileiras. As residências aos poucos foram optando pelos modelos de plástico, torneira de cozinha com filtros, purificadores. Outra escolha comum é comprar água mineral. No entanto, essa troca pode não ser a melhor opção, uma vez que uma pesquisa norte-americana mostrou a eficiência considerável dos filtros de barro.

De acordo com o estudo, os filtros com câmara de filtragem de cerâmica são muito eficazes na retenção de cloro, pesticidas, ferro, alumínio, chumbo (95% de retenção) e ainda retém 99% de Criptosporidiose, um parasita causador de doenças.

A partir desses dados, acredita-se que o sistema básico de filtragem de água, sendo o mais utilizado pelos brasileiros antigamente, é um dos mais eficientes do mundo. As conclusões, baseadas nas pesquisas, foram publicadas no livro The Drinks Water Book, de Colin Ingram.

A superioridade dos filtros de barro ocorre devido ao sistema em que a água passa lentamente pelo filtro e goteja num reservatório inferior. Como o processo é mais demorado e a pressão exercida pelo fluxo de água é maior, o filtro consegue reter os micro-organismos e sedimentos. De acordo com a Revista Veja, há estudos que mostram que esse tipo de filtro consegue reter até 99% das partículas.

Também segundo a pesquisa, muitos modelos atuais lançados no mercado não têm utilidade, uma vez que não impedem que substâncias perigosas, como flúor ou arsênio, passem batido no método de filtragem.

Para aumentar a eficácia da qualidade da água, já há modelos de purificadores com dispositivos de tratamento embutidos. Ainda assim os simples filtros de barro levam vantagem por serem mais baratos, já que um purificador pode custar até três vezes mais. Com informações do Dispersa.


Fonte: CicloVivo.

ALERJ

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd