Imprimir

Contra a intolerância religiosa

. Acessos: 302

721
O governador Pezão (RJ) recebeu líderes umbandistas e candomblecistas que foram pedir a implementação da Lei Átila Nunes

Carta para o Governo do Estado do Rio de Janeiro colocar em vigor a lei do deputado Átila Nunes que cria a “Delegacia de Intolerância Religiosa”

À luz dos últimos acontecimentos amplamente divulgados na mídia falada, escrita e televisionada, que demonstram ser grande o preconceito e a intolerância, seja racial, religiosa ou de cor, com fatos, onde a violência e o desrespeito contra as pessoas tem sido a causa principal de atos de vandalismo, agressões físicas e verbais.

Toda imprensa noticiou a perseguição religiosa sofrida pelos umbandistas sendo expulsos das comunidades por membros do tráfico de drogas, ou templos umbandistas sendo invadidos e depredados por seguidores de outras religiões.

Faz-se necessário criar uma delegacia especializada para o atendimento desses casos, tendo em vista o aumento contínuo das ocorrências de crimes, cada vez mais violentos e graves, que merecem todo o amparo por parte do Poder Público, para cumprir o que determina os incisos VI e VIII do art. 5º Constituição Federal, garantindo-se assim o direito a liberdade, a vida e a segurança. Peloexposto, conto com o apoio dos meus pares na aprovação do presente projeto.

LEI ÁTILA NUNES, criada a partir do projeto de lei 1609 de 2008.

  • Dispõe sobre a criação da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância – DECRADI
  • Autor: Deputado Átila Nunes
  • A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro resolve:

Art. 1º - Fica criada a Delegacia de Crimes Raciaise Delitos de Intolerância – DECRADI, com a finalidade de combater todos os crimes praticados contra pessoas, entidades ou patrimônios públicos ou privados, cuja motivação seja o preconceito ou a intolerância.

Art. 2º - Compete à DECRADI, registrar, investigar, abrir inquérito e adotar os demais procedimentos policiais necessários, nos casos que envolvam violência ou discriminação contra as pessoas, objetivando a efetiva aplicação da Legislação em vigor e assegurar os direitos de todos os cidadãos, independentede cor, raça ou credo religioso.

Art. 3º - A DECRADI disponibilizará uma linha telefônica 0800 com o objetivo de receber denúncias e informações sobre discriminação ou desrespeito à cidadania ou qualquer outro tipo de agressão.

Art. 4º - As despesas decorrentes da aplicação desta Lei correrão por conta do Orçamento do Estado, que fica autorizado a abrir crédito suplementar.

Art. 5º - Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 10 de Junhode 2008.

 

Fonte: change.org.br

ALERJ

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd