Imprimir

Parcerias pela água

. Acessos: 315

697
A parceria com a Prefeitura Municipal de Barra Mansa tem sido fundamental para o sucesso do Projeto

A OSCIP Associação Ecológica Piratingaúna, parceira da REBIA, através do seu Projeto Plantar Água e Recuperar Nascentes, já preservou mais de 36 nascentes na primeira fase e agora na segunda fase já foram escolhidas mais 29 nascentes em mais doze propriedades. O carbono fixado pelas árvores é incluído no cálculo da compensação de carbono das atividades da REBIA, realizado por outra parceira, a OSCIP PRIMA - Sustentabilidade e Mata Atlântica

Por Eduardo Wernech*

Não existe Plano B na natureza. Sem o Rio Paraíba do Sul em condições de fornecern água de qualidade para a população, além do próprio rio e de seus animais e ecossistemas serem prejudicados, a população humana que vive nas cidades é quem vai perder mais. Cerca de 80% da população do Estado do Rio de Janeiro dependem das águas do Rio Paraíba do Sul.E o Rio Paraíba do Sul está pedindo socorro faz tempo.

Mas nem tudo são más noticias. Através do Projeto Plantar Água - Recuperar Nascentes, que a OSCIP Associação Ecológica Piratingaúna vem realizando com diversos parceiros, entre eles a Prefeitura de Barra Mansa, este cenário muito ruim começa a melhorar. O Projeto já preservou mais de 36 nascentes na primeira fase e agora na segunda fase já foram escolhidas mais 29 nascentes em mais doze propriedades.

O Projeto já identificou e georeferenciou até agora cerca de 102 nascentes, muitas precisando de recuperação e cuidado, logo, o desafio ainda é grande e exigirá o esforço continuado dos nossos parceiros e dos proprietário rurais.

Para que a natureza possa prestar os serviços ambientais de oferecer água limpa e permanente, é preciso cuidar das nascentes, mas sem atrapalhar a produção agrícola, pois é de onde as famílias tiram o seu sustento. Assim, é o próprio produtor rural o maior interessado já que será o maior beneficiado, facilitando seu engajamento nos necessários cuidados de manutenção das mudas.

Um bom exemplo disso pode ser visto no Distrito de Santa Rita de Cássia, em Barra mansa. Por ser uma área produtiva de folhosas (alfaces, etc.), não houve necessidade de cercar o entorno das nascentes para evitar o pisoteio dos animais, o que barateou o custo do Projeto.

A parceria com a Prefeitura Municipal de Barra Mansa tem sido fundamental para o sucesso do Projeto. Desde o primeiro momento, o prefeito Jonas Marins tem sido uma liderança que anima todo o processo de “Produção de Águas”.

É preciso lembrar que produzimos água em afluentes na bacia do Rio Paraíba do Sul, desta forma buscamos aumentar o volume deste importante Rio que vem garantir o abastecimento na Região metropolitana da cidade do Rio de Janeiro, pois, que a água é captada na barragem de Santa Cecília em Barra do Piraí, onde alimenta o Rio Guandu e a maior estação de tratamento de águas do mundo.

Mais informações e parcerias:

ASSOCIAÇÃO ECOLÓGICA PIRATINGAÚNA , Organizaçã o da Sociedade Civil de Interesse Pú blico – OSCIP , (Proc. nº 08015.000703/2003-31 - Secretaria Nacional de Justiça, 10 de março de 2003, Diário Oficial da União de 17/03/ 2003 / Utilidade Pú blica Municipal ( LEI 3.283 de 04 de março de 2002) / CNP J: 03.744.280/0001-30 / Rua Maria Luiza Gonzaga, nº 217 - no bairro Ano Bom - Barra Mansa, RJ CEP : 27.323.300 / Presidente: EDUARDO AUGUSTO SI LVA WERNEC H - Tels: (24) Nextel: 7811-6082 / ID : 12*88984 - 98857-0224 - 99264-2353 (Rural/Fixo/sede) Residencial (24) 3323-0224 - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

ALERJ

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd